DIREITO DE DEFESA

Foto: Daniela Barros

A história da banda Direito De Defesa teve início há alguns anos, na zona norte do Rio de Janeiro em meados de 1996, quando amigos, amantes do bom e velho “Rock and Roll”, resolveram fazer do rock um instrumento de diversão, informação, denúncia e crítica social. Estava formada a banda Direito De Defesa! Saíram, então, tocando em todos aos espaços possíveis, levando em seu som uma proposta simples e direta, conforme atestam as três gravações da demo “Bala Perdida” (2002), publicada e elogiada pela mídia especializada, tais como a revista “Roadie Crew” de janeiro de 2002. Em 2004 saiu o primeiro álbum oficial “Na Cara Deles…” elevando o número de fãs e merecendo críticas positivas da imprensa, como na revista “Rock Brigade” de agosto de 2004.

No mesmo ano participou de dois festivais de bandas independentes, recebendo, em um deles, o prêmio de melhor música, com “Bala Perdida” e, em ambos, o de melhor guitarrista. Como fruto do trabalho, o grupo recebeu o convite para ser um dos primeiros (e até então, único) a tocar rock dentro de uma das etapas do campeonato mundial de moto-velocidade, nos dias 3 e 4 de julho de 2004, no autódromo de Jacarepaguá, participando com excelente aceitação do público presente.

Em 2005 teve a música “O Que se Planta, Dá” selecionada por um dos mais importantes portais de música do país, o “tosembanda.com”, para participar da terceira edição do concurso virtual “Duelo de Bandas”, promovido pelo próprio site, com votação aberta ao público, concorrendo com mais 64 bandas, de vários estados do Brasil, ficando entre as 4 vencedoras.

Pouco depois, a banda passou por uma reformulação, retornando ao circuito de shows em agosto de 2006 e perdurando até novembro de 2011, retornando em Outubro de 2014. Nos shows, a Direito De Defesa mostra o trabalho autoral e músicas de bandas já consagradas. As influências são as mais variadas, desde Black Sabbath e Judas Priest até Titãs, Plebe Rude, Nação Zumbi e O Rappa, entre outras. O som é bem diversificado. Pesado e agressivo! Ás vezes, harmônico e melódico. Quando questionados, com relação ao estilo, eles respondem: “Fazemos Rock de Rua!”.

Em julho de 2019, o segundo álbum do grupo intitulado como “Cultura da Impunidade” é lançado nas plataformas de streaming pelo selo Roadie Metal Digital. Neste disco, Marcos Rhamirez (vocal), Alexander Xavier (guitarra), WalterAlpeer” (bateria) e Leonardo Medeiros (baixo) apresentam um trabalho de altíssima qualidade com melodia, críticas sociais e com alguns arranjos progressivos. A banda segue marcando shows dentro e fora da capital fluminense.

FORMAÇÃO

Marcos Rhamirez (vocal)

Alexander Xavier (guitarra)

Walter “Alpeer” (bateria)

Leonardo Medeiros (baixo)

DISCOGRAFIA

Bala Perdida (2002, demo)

Na Cara Deles… (2004)

Cultura da Impunidade (2019)

STREAMING

Spotify

Deezer

https://www.deezer.com/br/album/103143372

Apple Music

https://music.apple.com/br/album/cultura-da-impunidade/1472214734

E em muitas outras plataformas!

WEB

Site oficial

https://www.bandadireitodedefesa.com.br

Facebook

https://www.facebook.com/bandadireitodedefesa

Instagram

@bandadireitodedefesa

YOUTUBE

Direito De Defesa

SHOWS

CONTATO@BRAUNAMUSICPRESS.COM

(85) 9.9690-7536