Barril De Pólvora – Barril de Pólvora

Videoclipe oficial da canção Barril de Pólvora

Por Leonardo M. Brauna

Ao ouvirmos o álbum de estreia da banda Barril De Pólvora, um dos primeiros sentimentos a surgir é o de alívio por ainda existir bandas que fazem um Rock/Metal na linha clássica de nomes como Made In Brazil, Salário Mínimo, Golpe De Estado, Centúrias e outros. O grupo que vem de Belo Horizonte/MG passa isso nas oito canções deste debut, mas não pense que ‘Barril de Pólvora’ é mais um álbum que tenta resgatar uma aura passada, na verdade, o que Flávio Drager (vocal), Emerson Martins (guitarras), Saulo Santos (baixo) e Alexis Bomfim (bateria) fazem é muito próprio com ingredientes do Blues, Rock e Heavy Metal.

‘O Som do Trovão’, música que abre o CD, é uma das mais velozes e define bem o lado Metal da banda. Com um refrão grudento a letra te leva a uma viagem mística, mas há outras como ‘Muito Papel pra Pouca Solução’ que falam de coisas mais existencialistas. A sessão “bluesy” do disco começa com “Inércia” que, apesar do riff “canastrão”, possui solos que cortam o ar penetrando fundo no ouvido. Diferente disso, “Tocando no Inferno”, com seus solos nervosos e ritmo Rock’n’Roll, revela o lado farrista do álbum dando sequência à “Loucuras, Sonhos e Delírios”, que tem a mesma intensidade.

Mais uma vez o tempero rocker abre espaço para a frieza do Blues em ‘Blues da Saudade’. Com destaque ao timbre distorcido da guitarra, a instrumental faz ótima cama para um vocal potente e performático. A faixa título é uma das mais legais e versáteis. Iniciando com pegada Hard Rock, a música deságua em um Heavy Metal empolgante adornado por um ótimo refrão, e, como cereja do bolo, a instrumental ‘Tempestade’ fecha o CD explorando mais o potencial dos músicos.

O que não pode passar em branco é a produção do álbum. Gravado, mixado e masterizado em Belo Horizonte, a equipe formada pelos engenheiros Carlos Ziviani e Mateus Mendes, André Cabelo (mixagem e masterização) e o produtor Rodrigo Garcia, conseguiu encontrar a melhor maneira para representar o grande patamar de audição do disco. Eis um CD recomendado no talo!

O álbum ‘Barril de Pólvora’ (independente) foi lançado em março de 2018

Track list:

01 – O Som do Trovão
02 – Muito Papel pra Pouca Solução
03 – Inércia
04 – Tocando no Inferno
05 – Loucuras, Sonhos e Delírios
06 – Blues da Saudade
07 – Barril de Pólvora
08 – Tempestade

LINKS RELACIONADOS

Site oficial

Facebook

Instagram

YouTube

Spotify

Soundcloud